NECROMANCER

BIOGRAFIA:

 O Necromancer foi formado no final de 1986 quando dois irmãos, Luiz Fernando e Luiz Cláudio, se juntaram a amigos comuns e colegas de colégio, dando inicio a banda e que teve em sua formação original: Marcelo Coutinho (vocal), Robert Haulfon e Luiz Fernando (guitarras), Alex Rocha (baixo) e Luiz Cláudio (bateria).

 A banda manteve esta formação por pouco tempo e Alex Rocha foi substituído Paulo André. Com este line-up, e ainda cantando em português, os músicos registraram sua primeira fita Demo, "Ameaça Assassina". Nela, apresentavam uma sonoridade que trazia referências do Thrash Metal da época, que começava a revelar nomes como Kreator e Destruction.

 No início de 1987, o grupo subiu aos palcos pela primeira vez no Caverna 2, famosa casa do underground carioca e que é lembrada até hoje pelos fãs. Na ocasião, tocou ao lado de outras grandes promessas do Thrash carioca: Explicit Hate e Anschluss, em evento organizado pelas próprias bandas, que fizeram a promoção, divulgação, aluguel de equipamentos e contratação dos profissionais de áudio.

 Já neste período o grupo estava compondo em inglês e, assim, gravou a sua segunda Demo-Tape, "Dark Church" (1987), contendo as músicas "Dark Church" e "Necromancer". O material teve uma boa aceitação no underground, tanto no Brasil como no exterior. Desta forma, o Necromancer começou a fazer várias apresentações pelo Brasil, especialmente no eixo Rio-São Paulo, tocando ao lado de nomes como MX, Dorsal Atlântica, Multilator, Explicit Hate, Viper, Sigrid Ingrid, Prime Mover, Overdose, entre outras. Ainda no final de 1987, o baixista Paulo André cede o posto a Gustavo Fernandez (ex-Deathrite).

 O período de criação de novas composições e a realização de shows seguiu de forma incessante até outubro de 1988. Por motivos de diferenças musicais, Luiz Cláudio e Robert Haulfon resolveram sair. Assim, sem conseguir encontrar substitutos dispostos a tocar e levar a banda a sério, o Necromancer se desfez.

 Entretanto, em meados de 1993, o grupo retomou as atividades com um novo line-up: Marcelo Coutinho (vocal), Luiz Fernando e Mauricio Meloni (guitarras), Vinicius Faria (baixo) e Alex Kafer (bateria). Após uma fase de adaptação e ensaios, novas composições são criadas e o resultado veio em 1994, com a Demo-Tape "Science Of Fear".

 A reestreia nos palcos foi ao lado da Dorsal Atlântica, em show realizado no Garage, outra famosa casa do underground carioca. Na sequência, o grupo entrou novamente em estúdio para registrar a Demo-Tape "Victims Of Deranged Maneuverings", que acabou sendo seu último registro. Em 1998, por diversos motivos pessoais, o grupo cessou novamente suas atividades.

 Em 2005, após um convite feito pela gravadora Marquee Records, visando o lançamento de um CD com o material antigo, o grupo retornou novamente. À época, a formação trouxe os integrantes originais - Marcelo Coutinho e Luiz Fernando -, além de Fabio Caputo (guitarra, ex-Deathrite), Alex Kaffer (baixo, Mysteriis) e Marcelo Henrique (bateria). O álbum acabou não saindo e o grupo saiu novamente de cena.

 Em 2010, a banda arriscou um novo retorno com Fabio (baixo) e Marcus (guitarra) mas, devido a diferenças musicais, o projeto não seguiu adiante.

 Persistindo e com a vontade de lançar suas músicas, em 2012 os três integrantes que ainda estavam juntos - Luiz Fernando, Marcelo Coutinho e Alex Kaffer - resolveram voltar a ensaiar, apenas os três. A ideia era gravar um CD apenas com músicas compostas nas fases iniciais da banda, mas com uns pequenos ajustes para fazê-las soar mais atuais.

 O "acerto de contas com o passado" veio em 2014 com o lançamento do 'debut' "Forbidden Art", pelo selo Heavy Metal Rock, com Marcelo Coutinho (vocal), Luiz Fernando (guitarras) e Alex Kaffer (bateria e baixo). Entre as músicas antigas presentes estão, dentre outras, "Necromancer", "Deadly Symbiosis” e "Dark Church".

 Em 2014, banda volta com a formação completa Marcelo Coutinho (vocal), Luiz Magalhães e Edu Lopes (guitarras), Gustavo Fernandez (baixo) e Alex Kaffer (bateria).

 Em março de 2015, Edu Lopes (guitarra) deixa o grupo para desenvolver uma nova banda Vorkog. Logo depois, Alex (bateria) deixa o grupo por motivos pessoais e é substituído por Vinícius Cavalcanti. A banda continua o trabalho como quarteto. Em 2016, Alex Kaffer retorna a banda como guitarrista.

FORMAÇÃO:

Marcelo Coutinho - vocal
Luiz Fernando - guitarra
Alex Kaffer - guitarra
Gustavo Fernandez - baixo
Vinicius Cavalcanti - bateria

LINKS RELACIONADOS:

|Facebook|YouTube|SounCloud|Twitter|Metal Archives|Contato|

 Foto Promocional COM LOGO Lo-Res (.JPG)
 Foto Promocional 1 Hi-Res (.JPG)
 Logo da Banda Hi-Res (.PNG)

 
(Material completo da banda especial para IMPRENSA, clique no link e solicite.)
 
(Material completo da banda especial para PRODUTORES, clique no link e solicite.)
 
(Material completo para PÚBLICO EM GERAL, contendo a discografia em ordem cronológica, seus reviews, entrevistas, matérias especiais, prints ou fotos de revistas. ARQUIVO LEVE em PDF.)

(Material disponível no site da Sangue Frio Records. Clique e compre agora.)


Agenda

Necromancer Tour 2017:

 

Contatos para shows:
(46) 98838-7204 (WhatsApp)
contato@sanguefrioproducoes.com

necromancer.br@gmail.com